0

INTERVENÇÃO NO HNSC. SERÁ?

FacebookTwitterGoogle+

INTERVENÇÃO NO HNSC. SERÁ?

Voltaram a circular na cidade rumores de que a prefeitura pretende municipalizar o Hospital Nossa Senhora da Conceição e que a intervenção não demora. Acredite quem quiser, eu não acredito mais nesta ameaça, que todos os prefeitos nos últimos quarenta anos fizeram. À prefeitura não interessa ser dona de um hospital de tal porte, até porque não existe dinheiro para bancar uma Casa da envergadura do HNSC.
O mimimi mais recente da conta de que o prefeito teria dito que a intenção é transformar o hospital em estabelecimento cem por cento SUS. É bebé? Só que 42% da população de Patafufo City são hoje clientes de algum plano de saúde; para onde irão essas pessoas? Não precisam me dizer que todos os brasileiros são iguais na portaria de um hospital público, seja um bilionário ou um sem teto. Até mesmo eu sei disso. A questão é que na prática a teoria é outra. O SUS quer que os médicos trabalhem de graça, ou alguém acredita que R$ 170,00 por procedimento é pagamento digno de um cirurgião? Irá a prefeitura complementar esse pagamento aos médicos?
O fato é que sete meses da atual administração já se passaram pela
implacável ampulheta do tempo. Não demora e o primeiro ano da gestão será fechado.”O tempo ruge”, já dizia Zeca Roceiro. O prefeito Elias que dizia ter a solução para a questão do HNSC, agora verifica que esta é uma queda de braço de décadas. Até parece que o impasse interessa às partes envolvidas.
Quanto a mim, não acredito em assombração e muito menos na municipalização do HNSC. A ameaça faz parte do jogo de cena de todos os prefeitos recentes. Mas, acredito firmemente naquilo que não é dito por ninguém: que a prefeitura jogará pesado na próxima eleição que indicará a futura direção da Irmandade de Nossa Senhora da Conceição. Infelizmente será uma briga de cachorros grandes, que ao final terá a prefeitura como vencedora, pois numa cidade como Pará de Minas manda quem tem a chave do erário. Até o próximo mês de março, quando ocorrerá tal eleição, ainda ouviremos muitas bobagens serem ditas, o que é muito melhor do que ser surdo. (LUIZ VIANA DAVID)

Luiz David

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *