0

LUCIANO HUCK LEVA SUA PIEGUICE ATÉ A SELEÇÃO

FacebookTwitterGoogle+

Luciano Huck interrompe o treino da Seleção Brasileira. Leva deficiente que faz Neymar chorar. Foi apenas a TV Globo ostentando sua força na CBF. Dunga tinha avisado…

 ESTAMOS ASSIM compartilhor artigo de Cosme Rímole em seu blog182 Comentários

1cbf7 Luciano Huck interrompe o treino da Seleção Brasileira. Leva deficiente que faz Neymar chorar. Foi apenas a TV Globo ostentando sua força na CBF. Dunga tinha avisado...
Teresópolis…

Cena surreal antes do coletivo da Seleção.

Deixando claro o quanto a Globo tem impressionante liberdade.

Age algumas vezes como se o time de Felipão fosse de sua propriedade.

O time havia acabado o aquecimento.

Estava pronto para começar a fazer seu primeiro coletivo.

Quando o apresentador Luciano Huck invadiu o gramado.

Ele estava acompanhado por um garoto.

Leonardo Marques Tomé.

O menino de 17 anos estava em um cadeira de rodas.

Com uma doença congênita, astrogripose.

Seus músculos são encurtados.

Ele havia escrito uma carta a Huck.

Sonhava conhecer os jogadores da Seleção.

O sonho foi realizado no momento mais inconveniente.

Mas simbólico.

O treino da Seleção Brasileira foi paralisado.

Os jogadores estavam focados, pensando no esquema tático.

No primeiro coletivo.

O dócil menino usava suas pernas encurtadas para faze embaixadinhas.

A cena era pungente, tocante.

Feita para emocionar.

Neymar foi quem mais se deixou levar.

Começou a chorar copiosamente.

Ele teve de ser consolado por companheiros.

Jogou a água no rosto.

Aos poucos foi se acalmando.

2ae19 Luciano Huck interrompe o treino da Seleção Brasileira. Leva deficiente que faz Neymar chorar. Foi apenas a TV Globo ostentando sua força na CBF. Dunga tinha avisado...

Tudo devidamente filmado pelas câmera da Globo.

E Felipão esperando.

Tudo poderia ter sido feito após o treinamento.

Mas não.

O impacto que servia ao programa era esse.

Chocar, surpreender.

Enquanto isso, todos os mais de 1.300 credenciados olhando.

Agrupados em um camarote de onde deve ficar a imprensa.

Todos olhando Luciano garantir a melhor cena para seu programa.

Depois do treino, o garoto Leonardo voltou a falar com os jogadores.

Depois, foi para a concentração.

Acompanhado por Luciano e seus dois filhos.

Os meninos fizeram questão de entrar na sala de musculação.

Tiraram fotos, pegaram autógrafos.

Fizeram o que quiseram.

Uma cena dessas seria absolutamente impensada há quatro anos.

Dunga dizia que iria acabar com os privilégios da Globo.

Errou na dose e comprou guerra com toda a imprensa.

Assim que o Brasil perdeu a Copa, Dunga foi demitido.

Marin garantia que a situação mudaria.

Mudou.

Já com Mano, a TV Globo voltou a ter suas regalias.

Mas nunca de forma tão escancarada como hoje.

Impensável um país de ponta aquecer seus jogadores.

E na hora do primeiro coletivo, o treinamento parar.

Só para um apresentador fazer uma ação assistencialista.

O menino Leonardo merece ter muitas alegrias na vida.

Realizar todos os seus sonhos.

Luciano também precisa de pontos de audiência.

O erro está na cúpula da CBF.

Inacreditável a falta de comprometimento com um treino importante.

Desconcentrar os jogadores.

Ficou a mensagem clara aos mais de 700 jornalistas credenciados.

A Globo voltou a ter seus privilégios na Seleção.

E não abre mão de ostentar.

A situação é maior que o próprio Felipão.

Só o presidente da CBF poderia liberar o que todos assistiram hoje.

Para não ficar nenhuma dúvida.

Marin e a cúpula da Globo são ‘bem amigos’.

Tudo voltou ao normal.

Dunga foi um acidente de percurso…

Luiz David

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *